Celpe será investigada por mortes de eletrocutados

Procon-Recife quer apurar negligência, imprudência ou falta de perícia da Companhia

Cidades, Notícias
Por Anderson Ricardo em (27/06/2013 às 15:01)

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) será investigada pelo Procon-Recife por conta do alto número de acidentes fatais com postes e cabos de energia registrados no cidade. Somente este mês, duas pessoas morreram eletrocutadas.

Por conta destas mortes, o diretor do Procon-Recife, José Neves Filho, decidiu instaurar um procedimento investigatório contra a Celpe. O objetivo do órgão é apurar a possível responsabilidade da empresa nessas mortes, seja por negligência, imprudência ou falta de perícia.

De acordo com Neves, a companhia deve ser intimada até esta sexta-feira (28). O procedimento é feito através de perícias, análises e coleta de depoimentos. “A Celpe tem um prazo de 10 dias para apresentar uma defesa depois de ser intimada. Caso seja comprovada a responsabilidade da empresa, o Procon-Recife deve aplicar uma multa que, dependendo do resultado da investigação, pode chegar até a R$ 2 milhões”, explicou o diretor.

Em todo o Estado, de acordo com a Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe), 31 casos de mortes por choques em fios ou postes foram registrados em 2012. Na última terça-feira (25), familiares e amigos do advogado Davi Santiago, que morreu no início de mês, fizeram uma manifestação em frente à Companhia e foram recebidos pelo presidente da Celpe.

 

Fonte: leiaja.com

 


» Acessar Webmail
Repentistas homenageiam o Pernambuco Agora

Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo;

Efésios 6,11

Patrocinadores
Equipe
  • Anderson Ricardo
  • Pablo Vinicius
  • Valderedo Valentim
Pernambuco Agora
  • Fazendo o possível para informar a região com uma linguagem clara e objetiva.
  • Leia mais
Contato
Mapa do Site